Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Abrasc

A Universidade Estadual do Ceará; Universidade Federal do Ceará; Universidade de Fortaleza e a Coordenadoria da Gestão Permanente em Saúde da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará organizaram o encontro que contou com a coordenação de Mônica Angelim, Sérgio Peixoto, Adauto Emmerich e o apoio da professora Maria Salete Bessa Jorge, do Centro de Ciências e Saúde da Universidade Estadual do Ceará. Atualmente 82 programas compõem o Fórum da Abrasco, o grupo se encontra duas vezes ao ano, o próximo encontro será no Rio de Janeiro, na segunda quinzena de maio. Confira a relatoria feita por Mônica Angelim e Sérgio Peixoto:

O tema “Análise da conjuntura e os impactos sobre a Saúde Coletiva e o SUS: cenários e perspectivas da área do conhecimento” foi abordado pelas professoras Gulnar Azevedo, atual presidente da ABRASCO, Lúcia Conde de Oliveira, da Universidade Estadual do Ceará. Coube ao professor Gastão Wagner Campos provocar o debate com a mesa seguida de ampla participação de todos os presentes.

Nessa discussão delineou-se o pano de fundo da conjuntura que permitisse a reflexão sobre o papel dos programas de pós-graduação em Saúde Coletiva nesse momento quanto à formação de profissionais especializados, à produção de conhecimento e tecnologia para a saúde e à capacidade da área de reconhecer e responder às prioridades em saúde das populações em situação de vulnerabilidade, pautando-as nas políticas sociais. O debate registrou grandes preocupações com as ameaças ao direito à saúde e à educação, assim como ao sistema nacional de Ciência e Tecnologia.

 

Para maiores informações:

Written by