O Instituto Nacional de Cardiologia coordena o Protocolo Brasileiro para uso de Stents

O Brasil vai regulamentar as indicações de stents farmacológicos e metálicos na doença arterial coronariana. Atendendo a uma demanda do DGITS (Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias) órgão do Ministério da Saúde, o Instituto será o coordenador da elaboração de um protocolo baseado em evidências orientando o uso racional dos stents. O documento será submetido à consulta pública com término previsto para dezembro de 2016. Maiores informações e participação na futura consulta pública em http://conitec.gov.br/index.php/participacao-social

Written by